Noticias Insanas

Retrospectiva da ofensiva na Faixa de Gaza

Posted on: janeiro 16, 2009

Vamos relembrar tudo que aconteceu, ok?

27/12/2008 – Ainda no ano passado, como dá pra ver, Israel lançou a ofensiva para cima do Hamas, e junto com a ofensiva lançou também mais de vinte foguetes. Já no primeiro dia morreram mais de 200 pessoas, e 750 ficaram feridas. O Hamas, tentando mostrar quem manda lançou alguns foguetes e matou um em Israel, e deixou bem claro, quem manda é Israel.

29/12/2008 – Terceiro dia de conflitos. O Hezbollah (que no ocidente tem uma denominação bem caracteristica, chama “bando de agitador”) convocou a terceira intifada, e pelo jeito estavam otimistas, porque falaram que Israel ia levar pau quando o negócio passasse a ser terrestre, e mais tarde nós vimos que não foi bem o que aconteceu… O número de mortos chega a 320, sendo que 57 são civis, o que demonstra que o alvo realmente é o Hamas, mas alguns civis estão tendo que pagar o pato. Pelo menos a inteligencia e a mira israelense não estão tão desreguladas.

1/1/2009 – Primeiro dia de 2009. O número de mortos no sexto dia de conflitos é de 420 e é morto um dos principais lideres do Hamas. Ele não foi encontrado dentro de sua casa de cinco andares (é, enriquecimento ilicito não é só no Brasil não), pois segundo testemunhas o corpo dele foi arremeçado bem longe pela explosão. Ninguem chega a acordo sobre trégua em Gaza e a chapa continua quente para aqueles lados, enquanto isso a fronteira de Gaza com Israel virou estacionamento para tanques.

3/1/2009 – Começa a invasão por terra, Hamas diz que Gaza vai virar um cemitério de israelenses…

9/1/2009 – 14º dia de ofensiva e o número de mortos passa dos 800. ONU aprova resolução que pede cessar-fogo, mas como ninguém dá o braço a torcer, Israel continua torcendo o braço do Hamas. E do Brasil parte um avião da FAB com ajuda para Gaza, enquanto a guerra nas favelas do Rio são assistidadas sem o governo enviar sequer um teco-teco.

Ontem, 15/1/2009 – 20º dia de conflito, o Hamas pede uma trégua de um ano, o que é um milagre se formos levar a sério o que foi dito no inicio dessa quebradeira toda. O Hamas também pediu para Israel retirar as tropas de Gaza. Enquanto isso, na cidade de Gaza, Israel continua mandando tudo o que tem, o ministro do interior do Hamas foi morto e o número de mortos palestinos é de mais ou menos 1050.

A retrospectiva pára por aqui, com esperança de que Israel e o Hamas façam o mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: